Entenda porque há tipos de pele diferenetes.

Você já entrou em uma farmácia, ou loja de produtos de beleza, e se perguntou; mas porque há tipos de pele diferentes? Quais são esses tipos de pele diferentes?


Pois é, é uma pergunta comum para quem está começando a entender o mundo de cuidados de pele. Talvez seu médico, dermatologista, após analisar sua pele pode ter te informado qual seu tipo. Mas ele te falou o porque da sua pele ser tal tipo?

Pois é, então vamos entender os detalhes que envolvem as qualificações.

Basicamente, o que forma os tipos diferente de pele é o equilíbrio entre a água e a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Em uma pele normal, há igualdade entre as duas partes, o que a torna uma pele hidratada por água e uma boa quantidade de sebo para manter a pele firme e não descamar ou fazer rugas. Porém, fatores internos e externos como: hormonais, idade, condições climáticas, poluição e estresse podem afetar a pele até fazendo a mudar de tipo, para se adequar a nova necessidade.

Quando há mais sebo produzido pelas glândulas sebáceas do que água para manter a hidratação, a pele tende a ser mais oleosa. A pele oleosa traz uma superfície mais espessa e com poros dilatados, especialmente na região da testa, nariz e queixo que leva a propensão a acne. Sua aparência fica brilhosa e pegajosa, o que pode levar a pessoa a querer lavar o rosto com mais frequência para obter a sensação de limpeza, mas cuidado; isso pode só piorar a oleosidade o mesmo com usar cremes muito gordurosos.

Mas porque, a pele oleosa, produz tanto sebo? Qual a função dos sebo? Sua intenção é proteger a pele, como uma defesa, de fatores que a estressem como: sol, frio, chuva, ar condicionado, estresse, hormônios em excesso, mas também pode ser uma tendência genética que você tem. É um dos tipos de pele mais comum no Brasil!



A pele acnéica pode ser agrupada com a pele oleosa, porque elas sofrem do mesmo problema, porém acnéica está em um grau mais elevado de produção de sebo. Seu aspecto também é muito pior, que mostra textura irregular, poros dilatados, brilho excessivo e possui aspecto gorduroso. A SBD já diagnosticou a acne como uma doença que causa a formação de cravos, espinhas, pústulas e cistos, por as glândulas sebáceas criarem gordura para proteger a pele da agressões que a recebem. Por isso, é sempre bom procurar um dermatologista para cuidar das suas acnes.

A pele mista pode confundir muitas pessoas porque ela apresenta aspectos diferentes em áreas diferentes. Normalmente tem aspecto oleoso e com poros dilatados na região da testa, nariz e queixo, que a leva a ter tendência a acne, porém nas bochechas e nas extremidades do rosto mostra um aspecto seco com facilidade para descamação e irritação. Então, a melhor maneira de tratar a pele é reequilibrando-a; hidratando e controlar a oleosidade.

A pele seca, que pode ser vista como o tipo oposto da pele oleosa, na verdade mostra deficiência tanto na sua quantidade de água, quanto a de sebo. A falta de ambas qualidades, acaba deixando a pele frágil e desprotegida, o que pode ocasionar irritações na pele como coceira, vermelhidão ou repuxar, deixando com um aspecto craquelado. Outros aspectos, da pele seca, são sua aspereza, opacidade, sem brilho e desidratada.

Portanto, o melhor cuidado para a pele seca é reestabelecer sua hidratação, que assim aumenta o teor da água na epiderme, que ajuda a renovação celular, minimiza rugas e proteção da tal.




A pele sensível, é diferente dos outros tipos de pele porque suas características não tem tanto a ver com deficiência hídrica ou sebácea, o que pode acabar sendo avaliada como oleosa ou seca também. A sua maior questão é que tem pouca tolerância aos fatores externos, portanto sua tendência é em ter reações adversas quando entra em contato com substâncias que a ferem. Por ser mais susceptível a agressões, ela acaba sendo menos protegida como a pele seca, e então acaba apresentando as mesmas reações como coceira, vermelhidão, escamação e manchas e outras irritações ou alergias.

Alguns exemplos são; pele de bebe que ainda tem uma epiderme bastante fina, pele envelhecidas por escassez ou desequilíbrio do pH, outro exemplo comum é a pele da grávida na qual sofre de desiquilíbrio hormonal. O estresse excessivo também pode causar a pele sensível, assim como mudanças externas como oscilação de temperatura, excesso no uso de sabonetes com tenso ativos e alguns tratamentos médicos também influenciam na sensibilidade.

Agora que você já entendeu tudo sobre tipos de pele, já consegue entender melhor como seu médico olha a sua pele e como ele a trata. Você também pode começar a descobrir qual é o seu tipo de pele e qual aspecto: hídrico ou de sebo, que precisa remediar, ou melhor, reequilibrar.




 

Formulário de Inscrição

TEL: (21) 2430 - 1450

WHATSAPP: (21) 99717-1793

Av. das Américas, 7607 - Loja 203 -
Shopping Novo Leblon - Barra da Tijuca
Rio de Janeiro - RJ,
CEP 22793-080

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

©2020 por OWL Industria e comercio. Orgulhosamente criado com Wix.com